05/08 -Roda de Samba do Berço de Samba de São Mateus

05/08/2010 20:00

 

Roda de Samba do Berço de Samba de São Mateus

05/08/2010 (1º quinta feira do mês)

 

      

CCPC  - Centro de Cultura Popular Consolação
Rua da Consolação, 1897 – Consolação (em frente ao Cemitério da Consolação)
(55+11) 2592-3317   www.ccpc.org.br

Das 20:00 às 23:00 hs
Preço Único R$ 10,00 reais

Berço de Samba de São Mateus

O samba começou em São Mateus por volta dos anos 70 com as batucadas de beira de campo de futebol. A partir do final dos anos 80 houve uma mudança significativa com a substituição das batucadas por rodas de samba. Rodas com comida farta que passaram a acontecer por todo o bairro, reunindo cantores, compositores e instrumentistas nos quintais das tias – Cida, Filó, Ercília, Dona Severina e Fifa –, de certo modo repetindo o modelo que décadas antes foi fundamental para o desenvolvimento do samba carioca.

 

A naturalidade do dia-a-dia da comunidade desfila em um samba tradicional, mas não saudosista. Existente há mais de 15 anos no bairro de São Mateus, a roda de samba une compositores veteranos como Rubens Paulista da Silva, o Rubão, com mais de 40 anos de samba; jovens como Dulce Monteiro, que desponta com um estilo à la Dona Ivone Lara e intérpretes como Luiz Lira, de voz portentosa, a instrumentistas como Leandro Matos e Sandoval.

 

Quintal de São Mateus

 

Em meio à hospitalidade das tias, o samba floresceu em São Mateus capitaneado por líderes musicais e comunitários como Tocão (filho da tia Cida, filha de Blecaute, cantor e compositor falecido em 1963 conhecido como "General da Banda", sucesso do carnaval que gravou em 1949), Gerson da Banda e Timaia (dono do mais famoso ‘buteco’ da região, também conhecido pelo seu imbatível caldo de mocotó).

O fato é que o samba se incorporou ao dia-a-dia de São Mateus, não como em algumas regiões onde a manifestação é restrita ao carnaval – aliás, vale citar que São Mateus não tem escola de samba, tem apenas um único bloco organizado, o Bloco Amizade. O samba de São Mateus é também passaporte para a cidadania. Em paralelo às rodas ricas em sambas de terreiro, partido-altos, calangos, surgiram movimentos para a formação de músicos, com aulas de violão, cavaquinho, instrumentos de sopro e percussão, nos quais nasceram o Filhos de São Mateus (grupo com jovens entre 17 e 21 anos) e a Orquestra de Samba e Choro de São Mateus.

 

Gravação pelo Selo Sesc 

A maioria dos participantes do disco jamais tinha entrado em um estúdio de gravação, mas essa inexperiência foi compensada pela produção assinada pelo Quinteto em Branco e Preto – grupo que tem em sua formação três sambistas de São Mateus e acumula dez anos de experiência nacional e internacional. Além, é claro, das participações de nomes como Beth Carvalho, Almir Guineto e do violonista Luizinho 7 Cordas.

 

Yvison, Éverson e Victor Pessoa, integrantes do Quinteto em Branco e Preto que são de São Mateus, participaram também da gênese do projeto de registrar em disco o samba da comunidade. “Independente do que possa vir a acontecer, este pontapé inicial já é uma consagração”, diz Éverson Pessoa, falando pelo orgulho que vê estampado no rosto dos cidadãos sambistas de São Mateus pela oportunidade de mostrar o seu valor.


NO CE,  Berço do Samba de São Mateus, do Selo SESCSP, o bairro da zona leste passa a ser mais uma vez reverenciado como um dos grandes redutos do samba no Brasil; e é justamente a música Berço do Samba, do Quinteto em Branco e Preto, que marcou também a participação de Beth Carvalho no disco.

 

O lançamento  em 16 de maio de 2007 no SESC Itaquea, contou com  participações de importantes nomes do samba como Beth Carvalho, Nei Lopes e Quinteto em Branco e Preto, além dos músicos, intérpretes e compositores de São Mateus,  Velha Guarda da Camisa Verde e Branco, componentes das comunidades Pagode do Cafofo, Samba da Vela.

 

DE lá para cá, o Berço do Samba de São Mateus continuou no seu ritmo de samba de roda e em 2008 fez Turnê de shows e workshops sobre a História do Samba em Nova York - EUA e em 2009 lançou o documentário 57 minutos pelo SESC TV exibido no CINE SESC.

 

 

Quem quiser curtir um pouco do Berço do Samba de São Mateus, pode curtir algumas músicas no site http://www.myspace.com/bercodosambadesaomateus

Fonte: SESC/SP