Aeronáutica concedeu a insígnia como parte das comemorações pelo 1380 aniversário do Marechal-do-Ar Alberto Santos Dumont A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, foi condecorada hoje (20) com a medalha "Méri

21/07/2011 01:19

 Aeronáutica concedeu a insígnia como parte das comemorações pelo 1380 aniversário do Marechal-do-Ar Alberto Santos Dumont

 

 

A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, foi condecorada hoje (20) com a medalha "Mérito Santos-Dumont". Autoridades civis e militares foram agraciadas com a insígnia, em cerimônia presidida pelo vice-presidente da República, Michel Temer, na Base Aérea de Brasília. A imposição das condecorações integrou as comemorações pelo 1380 aniversário do Marechal-do-Ar, Alberto Santos Dumont, que é patrono da Aeronáutica.

 

Além da execução dos hinos da bandeira e dos aviadores, o ritual incluiu um desfile em continência ao vice-presidente, que transmitiu os cumprimentos da presidenta da República, Dilma Rousseff, em seu pronunciamento. Temer também destacou a disciplina, a ética e o respeito à hierarquia como traços da personalidade de Santos Dumont que determinaram o pioneirismo do brasileiro na aviação mundial.

 

A Medalha "Mérito Santos-Dumont" foi criada pelo Decreto n0 39.905, de 5 de setembro de 1956, em homenagem ao espírito de Alberto Santos Dumont. A distinção é concedida a militares da Força Aérea Brasileira que se destacaram no exercício de sua profissão; a militares das Forças Armadas nacionais ou estrangeiras, que se tornaram credores da homenagem; e a cidadãos e cidadãs brasileiras ou estrangeiras, que tenham prestado notáveis serviços à Aeronáutica Brasileira.

 

Também foram condecoradas, entre outras autoridades, as ministras Gleisi Hoffmann (Casa Civil), Anna Buarque de Hollanda (Cultura), Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Miriam Belchior (Planejamento), Izabella Vieira Teixeira (Meio Ambiente), Helena Chagas (Comunicação), Iriny Lopes (Política para Mulheres), Maria do Rosário (Direitos Humanos).

 

Os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Antonio Patriota (Relações Exteriores), Garibaldi Alves Filho (Previdência Social), Alexandre Padilha (Saúde), Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Paulo Bernardo (Comunicações), Fernando Souza Coelho (Integração Nacional), Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira (Pesca e Aquicultura), Wellington Moreira Franco (Assuntos Estratégicos), José Leônidas Wagner Bittencourt (Aviação Civil), Alexandre Tombini (presidente do Banco Central), Luiz Fux (Supremo Tribunal Federal).

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!