Crianças Índigo na Umbanda

08/03/2012 10:00

Crianças Índigo na Umbanda

Você leitor já deve ter ouvido falar nesta palavra "índigo" e como nesta editoria

tratamos das questões da Nova Era, esta matéria

é justamente para mostrar uma das visões sobre este assunto.

JNU

Hoje se fala muito em crianças índigo, principalmente na visão espírita e, já que estamos falando em Crianças, porque não falarmos em Cosmes, Erês, Ibejís e espíritos infantis pertencentes a Umbanda?

Sabe-se que essas crianças trazem consigo amor, carinho, humildade, além de novas ideias e até mesmo novas fórmulas de viver.

Estão vindos numa nova era com uma nova energia, visão, vibração e conhecimentos diferentes.

Acredita-se que a mudança da espécie humana e a mudança do planeta estão acontecendo a cada dia que passa, e isso se reflete também nas nossas crianças que estão nascendo hoje, no meio de toda essa evolução material e espiritual.

Essas crianças estão vindo com novas capacidades, potencialidades, intuições, programações e vibrações diferentes das crianças de hoje, capazes de aos quatro anos de idade, dominar e decifrar a evolução de internet como qualquer outra evolução no planeta, como se fossem adultos formados e preparados para tal fim.

Com toda essa mudança, seres que hoje estão desencarnando, também poderão voltar a esse mundo rapidamente.

Estas crianças índigo estão chegando ao nosso planeta cada vez em número maior e são particularmente muito sensíveis, intuitivas e com uma capacidade até de ler a mente e os pensamentos das pessoas; são capazes de se comunicarem entre si por telepatia. Confirmando assim que podem estar vindo com capacidades paranormais e principalmente com uma facilidade imensa de se sintonizarem com o mundo espiritual.

 

Com todas essas qualidades e particularidades, acredita-se e torcemos com muito otimismo que no meio dessas crianças, quem sabe pode até nascer outro Pitágoras, Sócrates, Platão, Aristóteles, Jesus Cristo, Leonardo da Vince, Gandhi, Shweitzer, Einsten, Buda, Osho, Francisco de Assis, Allan Kardec, e um dos últimos, Chico Xavier.

 

Baseados nas vivências e trajetórias dos nomes citados acima, nós acreditamos que crianças índigo sempre existiram, embora em poucas quantidades e talvez por isso, não tenham conseguido um êxito total em suas missões. E, hoje vendo a necessidade, irresponsabilidade e desordem no nosso planeta, estão vindos em massa. Quem sabe assim sendo elas, em maiores quantidades conseguirão, juntas, mudar o mundo em que vivemos hoje, nas próximas décadas.

 

Apesar das crianças serem muito nervosas, agitadas e se irritarem facilmente, elas estão vindo para um mundo de regeneração e trazem um poder de visualização mental muito grande; estão vindo preparadas para a tecnologia do futuro, que com elas dará um outro salto tanto material como espiritual.

 

Todas as crianças índigo são como um diamante bruto que deve ser lapidado e preparado para que possam cumprir sua difícil missão de melhorar o mundo. A chegada dessas crianças no planeta definirá a lei da causa e efeito, da ação e reação.

– Quem são elas? De onde trazem toda essa inteligência? O que devemos fazer para que se sintam confortáveis vivendo junto com a nossapresença?

 

Se nós somos umbandistas e cultuamos espíritos que já viveram na terra

(Exus, Pombas-Gira, Caboclos, PretoVelhos, Boiadeiros, Marinheiros e Cosmes) é porque acreditamos na reencarnação e também que somos seres reencarnantes.

 

Baseado nisso, devemos acreditar que nada impede que estas crianças que nascem hoje, tragam consigo o espírito de algum Cosme (daqueles bem ativos) que já acompanhou e ajudou muito o seu médium, em espírito durante toda a sua vida encarnado na terra buscando, assim, os dois, cumprirem suas missões e alcançarem juntos a sua evolução, material e espiritual, ao qual tinham se comprometido no astral antes da encarnação do médium. Porém, após a partida do médium da terra para o Orum deverão se encontrar novamente e, juntos, analisarem se cumpriram ou não todos os compromissos assumidos perante o Pai. A partir desse momento estarão os dois espíritos livres e liberados para uma nova encarnação, tanto um quanto o outro, em busca de mais uma evolução aqui na terra.

 

O espírito do Cosme pode estar vindo encarnado em uma dessas crianças (que hoje são consideradas índigo) para uma nova evolução aqui na terra, buscando sempre o seu aperfeiçoamento como espírito. É a lei universal da causa e efeito, ação e reação. E, como é sabido por todos nós umbandistas,  hoje os centros de Umbanda não estão dando a devida importância a esses maravilhosos Cosmes, Erês e Ibejís, chamando-os com mais frequencia à terra para incorporarem em seus médiuns. Talvez por não termos muitos caminhos abertos por nós mesmos para cumprirmos com os seus interesses.

 

Sejdaí e por esse motivo que estão vindos em massa, encarnados nessas crianças consideradas por muitos, crianças índigo.

Como são espíritos reencarnantes vindo de várias encarnações anteriores, trazem um resquício grande de inteligência, sabedoria e conhecimentos passados, que devem ser atualizados e colocados em prática para melhorar o mundo que vivemos hoje. A inteligência e conhecimento desses espíritos são muito grandes, porém a época e os costumes e o local de cada encarnação desses espíritos já não é a mesma.

 

Portanto, mesmo tendo um alto grau de inteligência, sabedoria e uma facilidade imensa de aprendizagem, isto não os impede de passarem pelos nossos aprendizados: - familiar, educacional, social e religioso, para que possam assim, se adaptar melhor ao mundo de hoje e, c

om isso, poderem administrar edesenvolver sua inteligência e conhecimentos com maior facilidade, isso na hora em que esses resquíciosaflorarem em cada uma dessas crianças.

 

Evita-se assim que os mesmos se percam no mundo das drogas e da criminalidade tornando-se, na maioria das vezes, poderosos líderes do mal em luta contra as pessoas e o planeta.

Talvez por causa de todas as suas encarnações e evoluções, são considerados por nós espíritos muito espertos e de um raciocínio muito rápido capazes de inventar e fazer coisas naturais e sobrenaturais com uma facilidade imensa. Veem com o intuito de usar isso tudo para por fim às guerras, drogas e criminalidades...

Tornam-se um exemplo a ser seguido por muitas crianças e muitas vezes se tornam grandes mestres ou dirigentes naquilo que fazem. E por causa de todas essas qualidades, durante toda a sua vida terrena são atacadas diversas vezes pelos magos negros do astral, tentando su

gar seus espíritos para seus lados negativos para que possam usá-las em seus benefícios contra o lado bom da humanidade.

 

Com todos esses ataques durante suas trajetórias materiais, essas crianças se tornam seguidamente vítimas de suas investidas, causando-lhes muitas doenças e mal-estar, quando estão sendo atacadas por essas energias negativas lançadas sobre elas e por esses magos das trevas.

E, como imã na espiritualidade elas acabam atraindo-os para si facilmente, assim como são os espíritos bem dotados, com o Q.I. elevadíssimo, vindo de várias encarnações, de várias épocas, de vários lugares, como homem ou mulher, preto ou branco, rico ou pobre...

 

Talvez seja daí que venha essa inteligência toda, e por isso que estão encarnando na terra, nessas

crianças com uma inteligência muito rara considerada por muitos, crianças índigo.

Sabendo disso, nós devemos:

• Amá-las e respeitá-las em todos os aspectos da vida.

• Dar estudo e o máximo de carinho possível.

• Acalmá-las sempre que estiverem nervosas e agitadas ou irritadas.

• Ensinar e orientá-las, sobretudo ao que é certo ou errado.

• Motivá-las a irem em busca dos seus ideais e acreditarem sempre nas suas intuições e premonições.

• Apoiá-las e influenciá-las nos seus objetivos e ideais em relação à vida.

• Ensiná-las a não magoar, ignorar ou ofender qualquer tipo de pessoa.

• Orientá-las a considerar a todos, isso independente de cor, raça ou religião.

• Dizer que devem ajudar ao próximo e àquele mais necessitado.

• Mostrar todas as leis religiosas, civis e da natureza.

• Ensinar a não julgar para não serem julgadas.

• Conversar e dialogar sempre.

• Motivá-las a amar os outros como a si mesmos.

 

Com isso, estaremos criando verdadeiros gênios. E para nós umbandistas, serão sempre crianças.

A criança de hoje é o futuro do amanhã!

E-mailevandrorosul@bol.com.br

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!