Edição atualizada do livro Plante as árvores do Xingu e Araguaia está disponível para download

11/04/2013 22:51

Edição atualizada do livro Plante as árvores do

Xingu e Araguaia está disponível para download

Guia traz informações práticas sobre identificação, coleta e manejo de sementes, plantio e usos de árvores nativas da região dos rios Xingu, Araguaia e Teles Pires (MT). Edições anteriores também estão disponíveis na internet.

ISA

Lançada para suprir a necessidade de materiais didáticos adaptados à realidade local e regional, o ISA lançou uma edição revisada e ampliada do livro Plante as árvores do Xingu e Araguaia. A publicação agora está disponível para download gratuitamente (faça o download aqui).

Após dois anos de trabalho, a publicação pretende contribuir no trabalho de técnicos e coletores de sementes em sua identificação. Para isso, traz 89 espécies ilustradas. Dessas, 85 ainda não haviam sido publicadas nas edições anteriores do livro.

Em 2007, o ISA lançou a primeira versão da publicação com o objetivo de apresentar aos plantadores e demais interessados as 13 espécies que mais se destacavam nos plantios agroflorestais em andamento (acesse o livro aqui). Em 2009, a segunda edição foi ampliada e trouxe 73 espécies com informações detalhadas (acesse o livro aqui) e um manual do plantador (acesse aqui).

“A seleção de espécies dessa nova edição levou em consideração três critérios: espécies com acúmulo significativo de conhecimento empírico sobre coleta, beneficiamento, germinação, plantio, uso e manejo; espécies comprovadamente ótimas para semeadura direta; e espécies potenciais para semeadura direta com baixa demanda/coleta”, explica Eduardo Malta, biólogo e organizador da publicação.

O guia foi construído de forma colaborativa entre técnicos e coletores da Rede de Sementes do Xingu e seus textos sobre as técnicas de produção de sementes, usos e nomes populares foram debatidos e aprovados com um grupo de 80 coletores e técnicos durante o encontro anual da rede, em 2012.

A nova edição tem um formato diferente, mais prático, de 9,2 x 21 cm. "A ideia é que esse novo formato também instigue as pessoas a levar o livro para a floresta. Pois com ele nas mãos qualquer um poderá descobrir o nome da árvore que tem na sua frente e, a partir daí, seus nomes populares, científicos, descobertas científicas sobre a espécie, conhecimentos tradicionais e usos culturais associados a ela, além de dicas práticas de coleta, plantio e uso”, ressalta.

A publicação é mais um estímulo ao trabalho realizado pelos coletores da Rede de Sementes do Xingu, pois, além das dicas, que devem contribuir para o aprimoramento da qualidade das sementes produzidas pela Rede, o guia deverá diminuir as dúvidas dos coletores sobre os nomes científicos de árvores que são muito parecidas e reafirmar seus nomes populares mais utilizados.

Hoje, a Rede de Sementes do Xingu conta com mais de 300 coletores. Criada em 2007 para suprir a demanda por sementes para os plantios realizados no âmbito da Campanha Y Ikatu Xingu, a articulação é peça-chave no trabalho de restauração de quase três mil hectares de áreas degradadas na bacia do Rio Xingu e está presente em 21 municípios, 18 assentamentos e 17 aldeias indígenas oe Mato Grosso. Diante da dimensão que o trabalho da Rede vem ganhando nos últimos anos, qualificar a coleta, o beneficiamento e o armazenamento das sementes, segundo Malta, garantirá aos clientes da Rede a compra de um produto melhor, contribuindo cada vez mais com a restauração florestal do Brasil.

Além da versão online, a terceira edição do Plante as árvores do Xingu e Araguaia está disponível para venda na página do ISA, por R$ 30. Acesse aqui.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!