Evento da ONU deve injetar US$ 9 milhões na economia da capital

13/04/2010 10:43

 

Evento da ONU deve injetar US$ 9 milhões na economia da capital

 
Vera Mattos
 
A realização do 12º Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção do Crime e Justiça Penal, que acontece entre os dias 11 e 19 de abril, no Centro de Convenções da Bahia, com a participação de 4 mil pessoas, deve injetar cerca de US$ 9 milhões na economia baiana. A estimativa é do Salvador Convention Bureau, que se baseia num cálculo do Ministério do Turismo e Fundação Getúlio Vargas que estimam em US$ 285 o gasto diário de um turista de negócios no Brasil.

O evento contará com a presença de chefes de Governo e de Estado de países de todos os continentes.

Os recursos serão pulverizados em toda a cadeia produtiva do turismo, que possui mais de 50 elos em sua matriz econômica. “O montante será distribuído no pagamento de diárias de hotéis, aluguéis de automóveis, corridas de táxi, alimentação e lazer”, explica o secretário de Turismo da Bahia, Antonio Carlos Tramm.

Tramm lembra ainda que, em levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em 2008, foi constatado que cerca de 25% do fluxo turístico global da Bahia está ligado ao turismo de negócios. Ele ressalta ainda que o segmento tem grande importância para o turismo, uma vez que a maioria dos grandes eventos programados para o estado ocorre no período considerado de baixa estação.

Na opinião do empresário Lucas Benzota, a realização do evento vai aumentar de forma significativa a demanda por locação de veículos. De acordo com o sindicato que representa as locadoras (Sindiloc), a Bahia conta com mais de 13 mil veículos para locação. “Sempre com a realização de grandes eventos nós obtemos ótimos desempenho”, destaca Benzota.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes de Salvador e Litoral Norte, Sílvio Pessoa, acredita num importante incremento na taxa de ocupação dos meios de hospedagem na semana do evento. “Isso é um importante reforço, já que estamos num período de baixa estação”, argumenta.

Para a superintendente do Salvador Convention Bureau, Silvana Gomes, o congresso da ONU coloca Salvador numa posição de destaque no que se refere à realização de eventos. Ela destaca que a cidade deve sediar, ainda este ano, um outro evento de grande porte, em setembro. “É o Congresso Mundial de Odontologia, que deve reunir 15 mil participantes”, conta.

Bahia terá 28 eventos de grande porte até o final do ano

Até o final deste ano, o estado da Bahia será sede de 28 eventos, sendo oito deles internacionais. São diversos encontros nas áreas de medicina, turismo, cultura e esportes como o GP Bahia de Stock Car, no Centro Administrativo, no dia 15 de agosto.

Após o congresso da ONU, dois grandes eventos devem movimentar o estado, neste primeiro semestre: a Parada Disney, no dia 2 de maio, e o São João da Bahia. O primeiro conta com o apoio da Setur e da Bahiatursa, e o segundo é promovido nacional e internacionalmente pelo Governo do Estado.

Espaço - Um dos principais palcos de encontros em Salvador, o Centro de Convenções da Bahia, no Stiep, volta à ativa nesta sexta-feira (9), depois de uma grande reforma promovida entre o final do ano passado e o início deste ano. Após substituição de toda a cobertura, reforma do principal auditório (Iemanjá) e reparos estruturais, que contaram com investimentos de R$ 20 milhões, o local reabre para a realização do evento da ONU.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!