02/10 - 17h - Orquestra Jovem do Estado no Pombas Urbanas - GRATUITO

02/10/2010 17:00

 

No próximo dia 02/10, às 17h, a Zona Leste terá é uma das raras oportunidades de apreciar o  espetáculo da Orquestra Jovem do Estado - Grupos Jovens/Concertos de Outubro. Promovido pelo Instituto Pombas Urbanas, o evento ocorre em sua sede, no Centro Cultural Arte em Construção, Av. dos Metalúrgicos, 2100, Bairro Cidade Tiradentes, São Paulo/SP. Por ser gratuito, os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência ou ainda reservados pelo telefone 2285-7758. www.pombasurbanas.org.

Saiba mais sobre a Orquestra Jovem do Estado e seus regentes
Forrmada por 70 músicos e ligada à Tom Jobim - Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP), a Orquestra Jovem do Estado é uma das raras orquestras brasileiras dedicadas à experimentação musical para estudantes. Sob direção do maestro João Maurício Galindo, o grupo oferece aos jovens uma experiência fundamental para a formação musical. Fundada em 1979, a Orquestra Jovem do Estado representou o Brasil no 2° Encontro Latino Americano de Orquestras Juvenis, realizado na Argentina, e foi responsável por apresentações brasileiras de primeiras audições de obras de Dvorák e Händel. Atualmente, tem se apresentado com solistas de renome como Antonio Del Claro, Cláudio Cruz, Gilberto Tinetti, Marcelo Jaffé, Gretchen Miller, Adélia Issa, Céline Imbert, entre outros.

JOÃO MAURÍCIO GALINDO regente titular e diretor artístico

 

 

João Maurício começou sua atividade como regente em 1983, trabalhando com grupos de estudantes no Centro de Música do SESC Consolação. Em 1985, concluiu seu bacharelado em música pela Universidade Estadual Paulista - Unesp, na qual teve como principal mestre o compositor francês Michel Philippott. Em 1990, foi o único brasileiro escolhido para participar do 1º Curso Internacional para Jovens Diretores de Orquestra, realizado em Caracas, na Venezuela. Nesta mesma época, assumiu a direção da Orquestra Jovem do Estado, na qual permanece até hoje.  Galindo já esteve à frente também da Orquestra Amazonas Filarmônica, da Orquestra de Santos e da Orquestra de São Bernardo do Campo. Foi também regente da orquestras de bolsistas dos Festivais de Inverno de Campos do Jordão nos anos de 1998, 2000 e 2002.  Em 2000, foi escolhido, pelos próprios músicos da Orquestra Jazz Sinfônica, para ser seu regente estável. Nesse mesmo ano, concluiu sua pós-graduação pela Universidade de São Paulo (USP), na qual foi orientado pelo professor George Olivier Toni. Galindo mantém ainda um programa diário na Rádio Cultura FM, o Pergunte ao Maestro, e participa da série de concertos infantis beneficentes promovidos pela Tucca, associação que dá apoio a crianças e adolescentes com câncer.
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!