06/07 - Sarau da Cumbuca no Zumaluma

06/07/2012 19:00

Sarau da Cumbuca no Zumaluma

Nesta Sexta-feira, 06 de julho, às 19h

Zumaluma

 

Sobre o Zumaluma:

A história da Associação ZUMALUMA teve início em 1998, quando César Mateus Rosalino - presidente da associação - sentiu a necessidade de criar um espaço de fomento à cultura, à educação e ao lazer dentro da Favela do Inferninho, localizada entre os bairros Jardim Santa Tereza e Santarém, Município de Embu das Artes - SP. Percebendo a necessidade de tornar a leitura mais acessível à comunidade, em especial às crianças e adolescentes, um barraco abandonado foi reformado para sediar o projeto inicial da Biblioteca Zumaluma.

César, conhecido no meio artístico como "Vulto", ou "Kaab", atua no movimento hip hop desde 1988, quando criou um dos primeiros grupos de rap da região. A partir de então, tornou-se importante figura desta cultura, trabalhou com artistas de renome da música nacional, e logo conseguiu conquistar o envolvimento da comunidade. Consequentemente, teve o apoio dos amigos e artistas GOG, Sérgio Vaz, Rappin Hood, Záfrica Brasil e O Rappa, e ainda, de militantes do movimento negro e da comunidade local.

César, conhecido no meio artístico como "Vulto", ou "Kaab", atua no movimento hip hop desde 1988, quando criou um dos primeiros grupos de rap da região. A partir de então, tornou-se importante figura desta cultura, trabalhou com artistas de renome da música nacional, e logo conseguiu conquistar o envolvimento da comunidade. Consequentemente, teve o apoio dos amigos e artistas GOG, Sérgio Vaz, Rappin Hood, Záfrica Brasil e O Rappa, e ainda, de militantes do movimento negro e da comunidade local.

Desde então, a Zumaluma manteve suas atividades com a ajuda financeira de diversos artistas e coletivos de toda a grande São Paulo, de outros estados do Brasil, e do exterior.

Assim, constituiu-se juridicamente no início dos anos 2000, quando já oferecia diversas oficinas no próprio espaço da biblioteca, com aulas de Hip Hop e seus quatro elementos - DJ, MC, Break e Graffiti - teatro, idiomas, informática, capoeira, música, percussão, entre outros. A Zumaluma, único refúgio cultural para as crianças da Favela do Inferninho, tornou-se referência, recebeu o "Troféu Cooperifa - Projeto Revelação e Resistência", realizou intercâmbios com outras entidades, como a Brother System (Estados Unidos) e ganhou visibilidade, inclusive na mídia, com destaque para participações em programas de televisão e nos documentários “Do outro lado da ponte” (Marta Baião, 2005) e “Rap e Repente” (Andréia Tolentino, 2009).

O Núcleo de HipHop Zumaluma oferece cursos de hip hop e seus 4 elementos - MC, DJ, Dança de Rua (Break) e Graffiti - música, artes, percussão, capoeira, idiomas, informática, fotografia, produção audiovisual, judô, entre outras, conta com estúdio de edição audiovisual, biblioteca, e também com programação cultural de qualidade em eventos e festivais dos mais diversos gêneros da cultura de rua (rap, reggae, samba, punk, hardcore, música afro e eletrônica), visando utilizar esta linguagem como instrumento para a formação de crianças, jovens e adultos. Atualmente, a Zumaluma é pólo do hip hop nacional e internacional, referência em ações práticas de desenvolvimento humano em locais de baixa renda como o Jardim Santa Tereza e comunidades parceiras.

Desde 2011, a Zumaluma tem como um de seus principais projetos o "Ponto de Cultura", do Ministério da Cultura (Governo Federal).

 

 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!