1ª Virada Sustentável teve 500 mil participantes e mais de 25 mil quilos de lixo eletrônico coletados

10/06/2011 10:13
1ª Virada Sustentável teve 500 mil participantes e mais de 25 mil quilos 
de lixo eletrônico coletados 

 

Estrategicamente distribuída em 78 espaços em várias regiões da cidade, a Virada Sustentável realizou 480 atividades culturais e educativas que visaram a conscientizar a população de São Paulo de que é possível ter atitudes sustentáveis no dia a dia e manter o bem estar e a alegria, sem prejuízos ou privações. “A população que participou foi diversa em todos os sentidos – faixa etária, qualificação profissional, situação econômica… não tinha como a Virada ser mais inclusiva!”, comemoram o jornalista André Palhano e a publicitária Mariana Amaral, organizadores do evento.

Uma das atividades foi a coleta de lixo eletrônico em oito pontos da cidade. “A ação da população em doar mais de 25 mil quilos de equipamentos é um dos sinais de que a Virada mobilizou pessoas. Lembramos a elas que não são necessárias grandes atitudes para promover uma transformação positiva da sociedade; basta começar”, afirma Janine Saponara, membro do Conselho Curador da Virada Sustentável.

Exemplo de conexão inter-setorial

A Virada Sustentável pode ser considerada um grande exemplo da integração entre governos, empresas e ONGs em torno de um tema de interesse da sociedade, uma vez que todos os setores estiveram representados e se consideram satisfeitos como resultado. “O caráter participativo da Virada fez com que tanto as empresas quanto as ONGs e governos estivessem lado a lado mirando apenas o que é bom para a cidade”, lembra Palhano.

O Homem Refluxo, o artista Peri Pane, que desfilou pelo Parque Ibirapuera, usando o Parangolixo-luxo- uma capa transparente com 43 bolsos,chamou muito a atenção das pessoas por exibir todo o lixo inorgânico que consumiu apenas na semana anterior à Virada. Para a estudante Roberta Perônico, 22 anos, “é uma iniciativa legal, pois nunca temos essa noção de volume de lixo gerado por nós mesmos em tão pouco tempo.”

A participação das crianças foi intensa em todos os espaços dedicados a elas. Um deles, a “Pista Certa”, no Parque Villa Lobos, instruiu na teoria e na prática os vigilantes dos adultos no trânsito. “É importante ensinar educação no trânsito para as crianças, porque elas são os futuros motoristas da cidade. Eventos como esse deveriam acontecer mais vezes”, testemunha Lourdes de Andrade enquanto aguardava seu filho na Pista”. Ambos visitando o Parque pela primeira vez.

 Assim como Lourdes, vários participantes fizeram questão de deixar seu depoimento, esperando que esta seja mesmo a primeira de muitas Viradas Sustentáveis. Confira alguns abaixo:

 “O trânsito faz parte da cidade e tem extrema importância nas questões ambientais, inclusive, quando jogamos aquele papelzinho pela janela, por isso é importante abordarmos esse tema durante uma  Virada que tem a sustentabilidade como tema”, Rafael Obersan – executivo, que esteve no Parque Villa Lobos

“Adorei os filmes, foi muito bom, valeu a pena vir”, Caroline Taylor, assistente geral, que participou da Virada no Instituto Goethe

“Gostei muito do evento, os filmes foram ótimos, assim como a iniciativa”, Frank Ficher, cadeirante que também estava prestigiando o evento, aproveitando as condições de acessibilidade oferecidas pelo Instituto Goethe

“Muito fascinante, abre os olhos para a realidade! Para conscientizar sobre o meio ambiente é preciso tocar o coração, e com isso atingir um grande resultado”, Maria de Fátima, pedagoga, que de passagem pelo Conjunto Nacional, visitou a exposição “Sementes da Mudança”, cujo tema foi a Carta da Terra e o potencial humano

“Eu nunca plantei, adorei a atividade e foi uma novidade para mim. Pretendo levar isso aos meus alunos e para dentro de casa”, Eunice Silva, professora de escola estadual para educação de adultos, em Parelheiros 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!