13/08 - Moradores da Ilha protestam no Aeroporto do Galeão contra terminal pesqueiro

12/08/2010 18:00

Moradores da Ilha protestam

no Aeroporto do Galeão, dia 13,

contra terminal pesqueiro

 

Militantes do movimento comunitário "TERMINAL PESQUEIRO NA ILHA NAO!" farão uma manifestação de alerta nesta sexta-feira, 13 de agosto, a partir das 18 horas, no Aeroporto Internacional Galeão/Tom Jobim. Todos os  que discordam desta insana idéia do Ministério da Pesca estão convidados a participar do ato.

 

O ponto de encontro e concentração será no setor B do terminal 1 (o primeiro a ser construído), no nível de desembarque (primeiro andar), na calçada, onde param os táxis para pegar passageiros, a partir das 18 horas. As 19 horas, os integrantes do NA ILHA NAO entrarão no terminal e entregarão panfletos de conscientização a passageiros e funcionários do Galeão, alertando para o perigo de acidente aéreo a que todos estarão expostos com a construção do terminal pesqueiro, por causa do grande risco de colisão de pássaros com aviões. Informaremos também que, com o fechamento do entreposto pesqueiro da Ceasa, 600 caminhões, POR DIA, passarão a vir comprar peixe na Ilha do Governador, dando um verdadeiro nó em todo o trânsito, o que fará com que funcionários levem o quádruplo do tempo normal para ir e sair do trabalho e passageiros percam seus voos, por causa dos engarrafamentos gigantes.

 

O ato, além do propósito de conscientização, estará também carregado de indignação cívica, mas não faltarão manifestações artísticas. Os manifestantes, munidos de alegorias/mobiles que representam um avião com um pássaro entranhado em uma de suas turbinas, diversos peixes e muitos pássaros  em seus encalços, farão pequenas performances nos setores públicos do aeroporto.

 

A coordenação do movimento avisou à Polícia Federal e à Infraero a ocorrência do ato, "já que a Constituição garante o livre exercício de pensamento e opinião". A coordenação do "NA ILHA NAO" (movimento apartidário) garante que o ato será pacífico e civilizado, sem interferir no fluxo de embarque e desembarque dos passageiros.

 

Deputados e vereadores, de partidos diversos, que apoiam o movimento, também participarão da manifestação.

Precisamos muito que a imprensa, de modo geral, dê cobertura a esse ato, para que nossa posição ganhe mais visibilidade e tenhamos chance de reverter essa medida autoritária do Ministério da Pesca, que tenta passar, com seu rolo compressor, por cima de leis (federais, estaduais e municipais) urbanísticas, ambientais e de segurança.

 

 

Nosso site: www.nailhanao.com.br


 


ANAC desconhece projeto de construção de terminal pesqueiro na Ilha do Governador

Em resposta a Requerimento de Informação da ALERJ a ANAC (Agência Reguladora do setor aéreo) informou oficialmente "deconhecer o projeto do mega-terminal pesqueiro projetado para a Ilha do Governador (ver doc. em anexo) equivocadamente projetado nas proximidades do Aeroporto Internacional do Galeão que segundo pareceres técnicos da Aeronáutica e da Secretaria Municipal de Urbanismo colocará em risco a vida de trabalhadores do aeroporto, passageiros e turistas e moradores da Ilha por causa do enorme Perigo Aéreo que representa sua localçização na Ilha.

 

Hoje foi publicada a matéria "O Risco Galeâo" pelo Jornalista Ricardo Noblat, no Globo, em que o Ministro da Defesa Nelson Jobim alerta que há "risco aeroviário" no Galeão,o que compromete os preparativos do país para a Copa do Mundo e as Olímpiadas. Ocorre que o Ministro Jobim só esqueceu de mencionar o PERIGO AÉREO representado pela tentativa equivocada e ilegal do Ministério da Pesca construir um mega-terminal pesqueiro na Ilha do Governador, onde segundo Parecer da própria Aeronáutica e da Prefeitura do Rio (SMU) o local escolhido é cone de aproximação dos Aeroportos do Galeão e Santos Dumont e há enorme risco de acidemnte aéreo. Estes documentos técnicos (em anexo) ainda enfatizam que com os eventos internacionais (Copa, Olímpiadas etc) haverá aumento significativo do tráfego aéreo o que aumenta o risco de acidente com aves. A Ponta da Ribeira (onde o Min. Pesca absurdamente pretende construir o TPP é conhecido internacionalmente por ser local de atração de aves, inclusive migratórias....).

 

Em tempo: Em Abril/2010 o Ministro Orlando Silva recebeu aqui no Rio em mãos este Parecer da Aeronáutica e se comprometeu a encaminhar o caso ao Ministério da Pesca, temos notícias apenas de que encaminhou o Parecer por Ofício sem tecer qualquer comentário sobre o perigo alertado pelo Min. Jobim.

Também o Governador Cabral recebeu em mãos quando esteve semana passada na Ilha estes docs. que seguem em anexo.

 

Como o Parecer da SMU proíbe terminantemente a construção do fedorento TPP na Ilha há uma tentativa de golpe sujo na Câmara de Vereadores que visa modificar no novo Plano Diretor municipal o status de ÁREA RESIDENCIAL do bairro e transformá-lo em ZONA INDUSTRIAL-PORTUÁRIA, o que na prática liberaria a construção do TPP na Ilha. Muitos vereadores da situação e da oposição dizem que o mentor intelectual da Emenda que faz um estupro urbanístico na Ilha do Governador é o Prefeito Eduardo Paes que em Março/2010 escreveu e-mail aos moradores e aos Secretários municipais de Urbanismo e de Meio Ambiente (Sérgio Dias e Carlos Alberto Muniz) dizendo para eles não licenciarem este mega-terminal pesqueiro "em hipótese alguma"!

 

Nesta 6a. feira, dia 13/8, promoveremos Ato Público no Aeroporto do Galeão e distribuiremos milhares de panfletos para alertar a Comunidade da Ilha do Governador, trabalhadores(as) dos Aeroportos do Galeão e Santos Dumont, taxistas, passageiros e turistas que serão enormemente prejudicados e sofrerão com os Riscos permanentes de acidente aéreo devido a absurda e ilegal construção de um mega-terminal pesqueiro na Ilha do Governador. Teremos uma alegoria bonita e criativa que mostrará o terminal pesqueiro atraindo aves e provocando a queda de aviões....

 

As instituições e Autoridades que tem Responsabilidade no setor não podem ficar de braços cruzados esperando que ocorra uma nova tragédia com centenas de mortes como a que lamentavelmente ocorreu no Morro do Bumba, Niterói, onde as autoridades públicas nâo levaram em conta o DIREITO À PRECAUÇÃO, reconhecido internacionalmente!

 

Encaminhamos também Parecer Técnico da Secretaria Municipal de Urbanismo absolutamente contrário à instalação do TPP na Ilha, onde inclusive destaca o forte impacto viário que ocorrerá na Estrada do Galeão (que também prejudicará o Aeroporto do Galeão) onde o TPP atrairá 600 carretas grandes de pescado TODO DIA e a existência de Perigo Aéreo já que o local escolhido (Ponta da Ribeira) é o cone de aproximação dos aeroportos.

 

Segue em anexo o panfleto de Ato Público que será distribuído aos milhares nos 2 aeroportos a partir do dia 13/8 alertando turistas, passageiros, trabalhadores, taxistas para os riscos que o TPP na Ilha representa.

 

Além disso, encaminhamos documento entregue ao Governador do Rio, Sérgio Cabral, apresentando uma relação de Alternativas de Localização para o TPP-RJ em local mais seguro e adequado já sua construção na Ilha é ilegal e coloca em risco Vidas humanas.

 

Contamos com o apoio deste órgão de comunicação para livrar a Ilha e o Rio de mais este perigo!
 

 

abs,

 

Sérgio Ricardo

Ambientalista, Morador da Ilha

Tel. (21) 9734-8088

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!