Cerca de 90 eventos mostram a participação da sociedade civil no congresso da ONU em Salvador

16/04/2010 10:56

 Cerca de 90 eventos mostram a participação da sociedade civil no congresso da ONU em Salvador

Vera Mattos

Dezenas de organizações não-governamentais e especialistas em criminalidade, justiça criminal, tratamento de prisioneiros e assuntos relacionados aos temas discutidos no 12º Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção ao Crime e Justiça Criminal também estão reunidos em Salvador (Bahia). Dois andares do Centro de Convenções da Bahia foram reservados para estes encontros paralelos que oferecem uma oportunidade única de compartilhar informações entre os atores da sociedade civil de diversos países que podem conhecer em detalhe as boas práticas que estão sendo desenvolvidas em outros lugares do mundo. Oitenta e nove reuniões devem acontecer durante o 12º Congresso que está mobilizando mais de três mil pessoas na capital baiana.


Um dos convidados - que estará presente em várias discussões - é o Relator Especial das Nações Unidas sobre Tortura e outros tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes, o austríaco Manfred Nowak que hoje participou de discussões sobre as condições dos presos nos mundo, a grande maioria dos quais encontra-se aguardando julgamento: "No Brasil, a média de detentos aguardando julgamento é de 44%", afirmou Nowak. Ele lembrou também que estes presos normalmente não têm seus direitos humanos mais básicos respeitados, vivem em prisões em condições péssimas, sem direito a um advogado ou a um médico. "Muitas vezes eles passam mais tempo presos do que o estabelecido após o julgamento, e isto deve mudar"
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!