Comunicação Não-Violenta pôe em evidência a resolução de conflitos

15/07/2010 19:00

Comunicação Não-Violenta


pôe em evidência a resolução de conflitos

A Unipaz – Campinas tem um encontro marcado
com quem quer ter excelência nos relacionamentos 


A CNV (Comunicação Não-Violenta), desenvolvida pelo psicólogo
norte-americano, Marshall Rosenberg, atua na promoção de parcerias e meios
de cooperação. A proposta tem por fim incentivar a empatia por meio da
comunicação. É uma comunicação com ênfase nos valores universais. É dar
novos significados ao diálogo e, consequentemente, mudar e melhorar a
convivência, de modo a apaziguar e gerar harmonia. Tem por modelo ético o
não-estabelecimento de rótulos entre as pessoas e a não-dominação. Coloca em
posição de igualdade os interlocutores. Em 2009, o aluno de Marshall
Rosenberg, Dominic Barter, foi convidado pela Unipaz - Campinas
(Universidade Internacional da Paz Campinas) (localizada no Instituto
Campineiro dos Cegos Trabalhadores, Washington Luiz, 570, no Jardim Leonor,
3201-0128, www.unipaz.net) para realizar o Seminário sobre Comunicação
Não-Violenta, durante o Curso de Formação Holística de Base. E Dominic
Barter desenvolve formações em CNV em vários países. A partir do Seminário,
o alemão residente no Brasil, Sven Fröhlich-Archangelo, que participou da
formação, criou o projeto de Grupo de Estudos e Práticas de CNV, de modo a
facilitar o aprendizado sobre o tema. O próximo encontro vai ocorrer no dia
15 de julho, na segunda quinta-feira do mês. Desde abril de 2010, os
encontros despertam o interesse de pessoas de várias cidades da RMC (Região
Metropolitana de Campinas) e de todo o Estado, como Ribeirão Preto, São
Paulo, Jundiaí. São dois encontros por mês e ocorrem a partir das 19h.

No mundo globalizado, a interatividade da informação deu espaço para
empresas ágeis, que se atualizam constantemente. É fato que o profissional,
a clínica, a instituição educacional e a empresa que estagnam não chegam
aonde querem. Por outro lado, as instituições e os profissionais que optam
pela educação continuada possibilitam o enriquecimento do repertório
cultural, profissional e intelectual. E, assim, as equipes de vendas e
gestão, por exemplo, aprendem a lidar, com eficácia, com o cliente, a ponto
de conhecê-lo e entender até suas particularidades. *Isto é Unipaz – chegar
aonde você quer. *E o Grupo de Estudos e Práticas de Comunicação
Não-Violenta, por sua vez, vem ao encontro da proposta de expandir a
resolutividade das relações sociais e de *chegar aonde você quer*, numa
dinâmica assertiva, em que se torna uma opção eficaz de educação continuada,
capaz de suprir os déficits de várias áreas de atuação, sejam clínicas,
educacionais ou de gestão.

O Grupo de Estudos e Práticas de Comunicação Não-Violenta é direcionado para
educadores, facilitadores, terapeutas, profissionais de saúde, líderes
comunitários, agentes sociais do Terceiro Setor, gestores, profissionais da
área de negócios, empreendedores sociais e todas as pessoas interessadas em
autodesenvolvimento, autoconhecimento e celebração da paz. A entrada é de
graça. É importante confirmar a presença pelo e-mail campinas@unipaz.net ou
pelo telefone 3201-0128.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!