Belo Monte - Anúncio de uma Guerra

28/11/2011 17:27

Belo Monte - Anúncio de uma Guerra


Belo Monte, Anúncio de uma Guerra (CATARSE) from André Vilela D'Elia on Vimeo.

 

Uma das causas mais discutidas e nebulosas no momento é a construção da Hidrelétrica de Belo Monte. Normalmente ela é atrelada somente ao meio ambiente e à causa indígena, o que é uma simplificação.

A questão de Belo Monte condensa várias das principais causas do nosso país. E é desastrosa em todos os aspectos: ambiental, cultural, econômico, político e social.

O filme, prouzido polo um grupo Cinedelia, tem 120 horas filmadas na região do Xingu, Altamira, Brasília e São Paulo, contendo depoimentos reveladores de envolvidos com a obra ou afetados por ela.

O grupo produziu um trabalho investigativo que deixa claro: Belo Monte está sendo imposta pelo governo, que não está disposto a dialogar com os índios, nem com o resto da sociedade.

"Mais do que um filme, queremos que 'BELO MONTE – Anúncio de uma Guerra' seja um ato político da sociedade, uma luta pelo acesso à informação e pelo direito de participar das decisões do país", diz Digo Castello, coordenador da campanha.

Os cineastras querem levantar R$114mil em 30 DIAS para terminar o filme. Parece muito, mas na verdade, segundo Castello, não dá nem pra chegar nos cinemas. "Nossa meta então, é soltar o filme na internet e divulgar a verdade sobre essa obra desastrosa", complementa o ativista.

O dinheiro será todo investido na edição e finalização do filme, além de restituir pelo menos uma parte do que já foi investido até agora pela própria equipe. Foram 3 expedições ao Xingu, com inúmeros gastos em transporte aéreo, fluvial, terrestre, alimentação, hospedagem e outros aspectos de produção.

Já são muitas as pessoas que doaram seu trabalho e seu dinheiro ao filme, "só chegamos até aqui porque sabemos que junto com vocês podemos parar essa obra desastrosa", finaliza Castello.

O projeto está abrigado no site facilitador de doações Catarse.me. Clique aqui e confira.

FAÇA UMA DOAÇÃO. Ajude a parar Belo Monte e iniciar uma discussão séria sobre a política energética do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

Direção: André D’Elia
Produção Excutiva: Beatriz Vilela, Francisco D’Elia
Direção de Fotografia: Rodrigo Levy Piza, Federico Dueñas
Direção de Som: Téo Villa, Diego Depane
Desenho Gráfico: Federico Dueñas
Montagem: Mauro Moreira
Comunicação e Marketing: Digo Castello, Daniel Joppert, Caio Tendolini

 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!