Compromisso para combater cárie no mundo foi assinado

05/09/2010 21:55

Compromisso para combater

cárie no mundo foi assinado

Aliança Global Por Um Futuro Livre de Cárie implementará metas


A cárie dentária é a doença crônica mais comum no planeta, afetando cerca de cinco bilhões de pessoas, o equivalente a 80% da população mundial. No Brasil, aproximadamente 88% das pessoas sofrem com o problema. Para solucionar essa questão, especialistas de todo o mundo e representantes do Governo de oito países estão de mobilizando, por meio de uma ‘Aliança Global Por Um Futuro Livre de Cárie’, para definir estratégias, metas e implantar programas que ajudem a combater a cárie no Brasil e no mundo.

Um passo importante nessa direção será dado durante o Congresso Mundial de Odontologia FDI-2010, que acontece em Salvador, até o dia 5 de setembro. Na ocasião, líderes mundiais em saúde bucal assinarão um acordo para a implantação de programas abrangentes de prevenção e gestão da cárie no Brasil e no mundo. Entre os participantes estão representantes do Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Panamericana de Saúde, Federação Dentária Internacional (FDI), Associação Internacional de Pesquisa Dental (IADR) e a Associação Brasileira de Odontologia (ABO) , bem como os principais especialistas em saúde dental e autoridades públicas de diversos países, incluindo o Brasil.

A Aliança Global é formada por um grupo mundial de especialistas em odontologia e saúde pública que defendem a importância da cárie ser entendida como uma doença contínua que requer prevenção e gerenciamento abrangentes para que sua progressão seja interrompida no mundo e se possa caminhar em direção a um Futuro Sem Cárie.

Segundo Dr. Roberto Vianna professor associado da UFRJ e presidente da FDI, a cárie dentária é um problema global que causa efeitos nocivos à saúde, à sociedade e à economia. “Apesar dos progressos feitos em prevenção e tratamento, a cárie ainda é uma epidemia negligenciada em muitos países”, ressalta o especialista.

Acompanhando a tendência de mudanças nos padrões alimentares no mundo todo, alguns países lutam para impedir o crescimento e a prevalência da cárie na população. Essas mudanças de hábitos resultam na diminuição dos cuidados com a saúde bucal, além de impactar em outras questões de saúde, reduzir a qualidade de vida, a autoestima, a empregabilidade e a mobilidade social.

“Do ponto de vista econômico, nos últimos anos, a incidência de cárie tem aumentado significantemente, ligada as desigualdades sociais, afetando a produtividade das pessoas e impactando o crescimento dos países”, assinala o especialista.

Como um dos primeiros passos, a Aliança Global prevê aumentar a conscientização sobre o problema da cárie, inclusive seu impacto econômico e social, por meio do lançamento de uma campanha de saúde pública. Esta campanha deverá intensificar o compromisso internacional por meio da assinatura formal de uma declaração de saúde pública e revelar ferramentas online que permitam uma nova abordagem para o problema.

A cárie é uma doença infectocontagiosa que pode resultar na destruição e perda dos dentes, caso não seja tratada. É provocada pela proliferação de bactérias e outros fatores determinantes, como resíduos alimentares que permanecem na boca. Uma das formas mais eficazes de evitar a cárie é a prevenção.

A primeira iniciativa realizada pela Aliança Global Por Um Futuro Livre de Cárie é um recurso online gratuito que oferece aos profissionais e comunidades, ferramentas baseadas em evidências e materiais de apoio (ex. estudos de caso, análises sistemáticas) para a ação local. A meta do website é oferecer subsídio para que comunidades, grupos e indivíduos comprometidos possam combater a cárie, além de ser uma plataforma para mobilizar recursos, compartilhar melhores práticas e entrar com contato com outros stakeholders. 

“Embora existam muitas ferramentas e fontes de informação para orientar no desenvolvimento de intervenções contra a cárie, nós aprovamos a análise baseada em evidências, pois ela nos ajudará a ter o sucesso, por meio do uso de ferramentas e tecnologias que otimizam a prevenção e administração da cárie” diz o Dr. Gilberto Pucca, Coordenador Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde do Brasil.  “Nós esperamos adotar esses recursos no Brasil à medida que trabalhamos com o Ministério da Saúde, a comunidade odontológica, e outros líderes, para garantir que as populações de todos os níveis econômicos sejam beneficiadas”. 

Como uma próxima ação, a Aliança Global quer continuar a estimular um diálogo com organizações mundiais de saúde, bem como executar a campanha em nível local. Os principais passos futuros incluem:

- Até 2015, 90% das faculdades de odontologia e associações de dentistas deverão ter adotado e promovido a “nova” abordagem de “cárie como um problema contínuo”, a fim de melhorar a sua prevenção e administração. 

- Até 2020, os membros regionais da Aliança Global Por Um Futuro Livre de Cárie deverão ter integrado, de forma localmente adequada, sistemas de prevenção e administração da cárie, e o monitoramento deverá ter sido desenvolvido e implementado.

- Toda criança nascida em 2026 não deverá ter cárie ao longo de sua vida.

A Aliança Global Por Um Futuro Livre de Cárie foi criada em colaboração com um painel mundial de especialistas em odontologia e saúde pública. Ela é patrocinada pela Colgate-Palmolive, que apoia a melhora da saúde bucal por meio de suas parcerias com profissionais de odontologia, governos e agências de Saúde Pública, e da gestão do projeto “Sorriso Saudável Futuro Brilhante”, iniciativa de educação em saúde bucal para crianças em todo o mundo. Em virtude da meta de estímulo da ação colaborativa global, a Aliança também busca parcerias com líderes globais e outros stakeholders em nível regional e local – incluindo líderes de países e comunidades, profissionais de saúde e odontologia, comunidades de política pública e educação e a população.

O Congresso Mundial de Odontologia FDI 2010 acontecerá em Salvador, até o dia 5 de setembro.  Realizado pelo FDI (World Dental Federation), o evento conta com uma programação científica que abrange os temas mais relevantes da profissão, de acordo com a missão de responsabilidade social da FDI de promover a saúde oral das pessoas em todo o mundo.

Entidade máxima da odontologia mundial, a FDI reúne 1 milhão de cirurgiões-dentistas de todo o mundo, representados por 140 entidades, e, por meio de seus diversos fóruns, exerce influência na promoção da saúde bucal em todas as populações. Para a edição de 2010 do seu Congresso Anual Mundial, a entidade escolheu como sede a cidade de Salvador (BA), evidenciando a relevância que o Brasil tem internacionalmente e oferecendo aos profissionais da odontologia brasileira oportunidades de interação com a comunidade internacional.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!